Dependência química, saúde mental da mulher e depressão são alguns dos assuntos que serão abordados na 17ª edição do Congresso Mineiro de Psiquiatria. O evento, promovido pela Associação Mineira de Psiquiatria (AMP), acontece entre os dias 11 e 13 de junho, na sede da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), em Belo Horizonte.

Sob o tema Por uma psiquiatria integradora, o Congresso tem como objetivo fomentar a integração da clínica, graduação, pós graduação e residência psiquiátrica com a sociedade. “Almejamos apresentar um evento cientificamente atual e atraente, consolidando-se como referência para os psiquiatras de Minas Gerais”, afirmou o presidente da AMP, Maurício Leão.

Também fazem parte programação o Simpósio Internacional da Associação Latino-americana de Suicidologia (Asulac), que discutirá o comportamento suicida. “Este é um assunto de saúde pública negligenciado e um desafio em nossa clínica diária.”, afirma o presidente do Congresso Humberto Correa. Haverá também o simpósio da Associação Brasileira de Neurociência Clínica (ABraNec), que abordará a interface entre pesquisa e clínica. Outro destaque é a parceria com a Associação Brasileira de Estimulação Cerebral (ABraCer), que trará as últimas novidades neste campo.

Confira a programação completa no site do evento: http://www.psiquiatria2015.com.br/programacao.php#

Fonte: AMP

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.