As irregularidades foram constatadas durante fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) na última sexta-feira (02) na Unidade de Pronto Atendimento da zona Sul em Porto Velho. O departamento de fiscalização da autarquia recebeu denúncia de várias irregularidades dentro da unidade de saúde.

Durante a vistoria os médicos fiscais identificaram a falta de pelo menos dezoito medicamentos indispensáveis para o atendimento, como por exemplo, o diclofenaco de sódio, salbutamol, dexametasona, enalapril, amiodarona, ceftriaxona, propranolol, cefalexina, losartana, amoxilina, azitromicina entre outros.

Além de não possuir um diretor técnico, a UPA Sul ainda carece de equipamentos e materiais dentro da própria sala de emergência. Luvas, sondas, tubos endotraqueais, mocho giratório e até mesmo papel carbono e copos descartáveis faltam na unidade. “A máquina de raio-x por exemplo, não está funcionando” apontou Dr. Leonardo Moreira Pinto médico que compõe o corpo clínico da Upa e que acompanhou a equipe fiscal do Cremero durante a vistoria.

Ele explicou à equipe que alguns exames não estão sendo realizados por falta de calibração preventiva e corretiva dos aparelhos, já que o município estaria sem empresa contratada para realizar a manutenção dos mesmos.

“Encaminharemos relatório com todas as irregularidades encontradas ao Ministério Público Estadual, à Secretaria Municipal de Saúde e à direção da UPA” ressaltou o presidente do Cremero, Dr. Spencer Vaiciunas que acompanhou a vistoria juntamente com o diretor do departamento de fiscalização da autarquia, Dr. Sérgio Cardoso Gomes Ferreira.

upasul 2

 

upasul 1

upasul 3

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.