Na pauta, a abertura de uma sindicância para investigar se houve falha no atendimento médico do recém-nascido

 band


O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), Rodrigo Almeida, concedeu entrevista para a TV Meridional (Band), na terça-feira, 22, para explanar sobre a abertura de uma sindicância a respeito do sumiço do bebê Nicolas Naitz Silva, desaparecido desde o dia 22 de maio, caso que teve grande repercussão na mídia.

Segundo Rodrigo, o Cremero vai investigar se houve alguma falha médica no atendimento realizado ao recém-nascido no dia de seu desaparecimento. Destacou ainda que se ficar comprovado algum erro, o responsável pelos procedimentos tomados poderá sofrer punições, incluindo a cassação do direito de exercer a medicina.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.