crmnaestrada

Foram mais de três mil quilômetros rodados em dez dias. Este foi o saldo registrado pelo Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) que percorreu quatorze municípios do estado e fiscalizou ao todo, vinte unidades de saúde, entre hospitais, consultórios médicos e clínicas de saúde.

As duas equipes fiscalizadoras passaram pelas cidades de Ariquemes, Ji-Paraná, Alto Paraíso, Buritis, Campo Novo de Rondônia, Theobroma, Pimenta Bueno, Vale do Anari, Jaru, Nova Brasilândia D´Oeste, Machadinho do Oeste, Cacoal, Vilhena e Espigão do Oeste. “O que percebemos é que em muitas dessas cidades há uma grande estrutura, mas com deficiências como falta de profissionais para atendimento e insumos” destaca o médico conselheiro e fiscalizador Dr. Sérgio Cardoso Gomes Ferreira.

Em boa parte das unidades fiscalizadas foram constatadas a falta de medicamentos, assim como medicação vencida, falta de equipamentos indispensáveis como carrinho de emergência, estruturas com infiltrações e mofo, falta de setores específicos dentro das unidades e até mesmo de equipe médica. “O nosso dever é garantir que a população receba um serviço médico de qualidade. Estivemos percorrendo todo o estado e sempre atentos às denúncias das irregularidades” ressalta o presidente do Cremero, Dr. Andrei Leonardo Freitas de Oliveira.

As fiscalizações foram encerradas nesta semana. De acordo com o departamento, esta ação finaliza os trabalhos neste ano de 2017. Ao todo, foram cerca de 170 fiscalizações em Rondônia.

crmnaestrada1

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.