cosme-e-damiao1No mês de março, a equipe de fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) esteve no Hospital Infantil Cosme e Damião em virtude da interdição da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica da unidade realizada pela administração do próprio hospital.

Segundo o presidente do Cremero, Dr. Rodrigo Almeida, que acompanhou a fiscalização ao lado do vice-presidente da autarquia, Dr. Cleiton Bach, em decorrência de infecções por bactérias, a direção do Cosme e Damião realizou procedimentos de isolamento e bloqueio dos leitos da UTI.

“A equipe do hospital já realizou a hemocultura dos pacientes e logo os resultados apontarão qual tipo de bactéria pode ter infectado o ambiente e posterior a isso, será feita uma investigação para sabermos se esta bactéria tem alguma relação com os óbitos ocorridos em pacientes que estavam internados naquela UTI”, informou Rodrigo Almeida.

Ainda de acordo com o presidente, com o isolamento da UTI pediátrica, a preocupação do Cremero agora é com a acomodação dos pacientes que necessitam desses leitos e que aguardam por uma vaga.

“Esses pacientes estão internados em uma sala de emergência ainda em adaptação, na qual a administração do hospital nos garantiu que no prazo de 24 horas, todas as adequações seriam realizadas. No término deste prazo a fiscalização do Cremero retornará para a averiguação destas adequações”, afirmou o presidente do Cremero.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.