A relação médico paciente é um assunto de terminante importância para médicos e pacientes, desde quando Hipócrates fez surgir a medicina à maneira da que hoje praticamos. Faz parte da metodologia médica que se mantem para sempre está valorosa relação.

Como em todos os relacionamentos, é conciso haver esforço e bom comportamento dos dois lados. Os profissionais da saúde precisam ter fleuma e os instrumentos necessários para prestar todo seu conhecimento e atenção ao paciente. Desde o momento da marcação de uma consulta ou exame, o atendimento deve ser, com simpatia, eficiente e de qualidade. O doente se sentirá muito mais confiante com um atendimento humanizado. Quando uma pessoa procura ajuda médica é porque procura um diagnóstico preciso, acompanhamento sobre algum problema em seu corpo ou mesmo porque deseja garantir que esteja tudo bem. Lembrando que, a relação médico-paciente não é uma relação simpática com alguém simpático. É uma relação estritamente profissional, que deve ser fundamentada numa empatia constituída entre o médico e o seu paciente.

Nessa definição, receber assistência médica de qualidade é mais do que um pretensão, é um direito de todos.  A Medicina, por lidar com o bem mais precioso que é a vida, muitas vezes gera a expectativa de resultados infalíveis de tratamento e cura. Mas o exercício da medicina, como qualquer atividade humana, está sujeita a dificuldades, que em muitas ocasiões são imprevisíveis e incontroláveis.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia – Cremero é uma autarquia federal, criada pela Lei nº 3.268/1957, com o objetivo de promover o perfeito desempenho ético e moral da medicina e o prestígio dos que a exerçam legalmente por meio de ações regulamentadoras, educacionais, fiscalizadoras, judicantes, cartoriais e políticas. O Cremero tem como missão atuar com excelência em benefício da sociedade e ser referência para a promoção e garantia do exercício ético da medicina, da valorização e dignidade profissional do médico e para as questões éticas e bioéticas em saúde, tendo por princípio a melhoria das condições de vida e saúde da sociedade.

Veja abaixo o que recomenda o Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia- Cremero na relação médico-paciente:

Por parte do médico:

ü    Proporcionar um atendimento humanizado, caracterizado pelo bom relacionamento pessoal e pela dedicação de tempo e precaução necessárias. 

ü    Saber ouvir o paciente, explicando dúvidas e incluindo suas expectativas, com registro adequado de todos os subsídios no prontuário. 

ü    Esclarecer detalhadamente, de forma simples e objetiva, o diagnóstico e o tratamento para que o paciente entenda visivelmente a doença, as benfeitorias do tratamento e também as presumíveis complicações e prognósticos. 

ü    Posteriormente do devido esclarecimento, aceitar que o paciente escolha o tratamento sempre que existir mais de uma alternativa e ao prescrever medicamentos, oferecer a opção do genérico, sempre que plausível. 

ü    Recomendar que o paciente procure outro médico sempre que o tratamento exigir conhecimentos que não sejam de sua especialidade, habilidade ou quando ocorrer problemas que comprometam a relação médico-paciente. 

Por parte do paciente:

ü    Lembrar-se de que, como qualquer outro ser humano, o médico tem equidades e falhas, lembrando que o trabalho médico é uma atividade fluentemente desgastante.

ü    Não exigir o impossível do profissional médico, que só pode apresentar o que a ciência e a Medicina desenvolveram.

ü    Jamais culpar o médico pela doença. 

ü    Não exigir dos médicos exames e medicamentos desnecessários.

ü    Compreender que o sucesso do tratamento está muito além, da relação de confiança que se pode estabelecer com o médico. A cura depende também do paciente.

ü    Seguir as prescrições médicas (recomendações, dosagens, horários etc.) e evitar a automedicação. 

A relação médico-paciente configura-se como uma das mais complicadas atitudes existentes nas relações humanas, em virtude da fragilidade do paciente, no processo de adoecer. Há muito que se trabalhar para melhorar está comunicação, em busca de uma relação mais eficiente. Tratar os pacientes com respeito, profissionalismo e empatia é a melhor receita.

Dr. Spencer Vaiciunas- presidente do Cremero

Youtube Instagram Facebook
Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.