Rede dos Conselhos de Medicina
Conselheiros do Cremero se reúnem para conhecer dados sobre impactos da Covid-19

Na manhã desta segunda-feira (18), Conselheiros do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) estiveram reunidos por videoconferência para conhecer em detalhes os dados organizados pelo Comitê Técnico-Científico do Governo de Rondônia, que integra o Comitê Interinstitucional de Prevenção, Verificação e Monitoramento dos Impactos da Covid-19. O Estrategista de dados, Caio Nemeth, reportou em números e gráficos o ano de 2020 e 2021 e suas projeções.

Os números mostraram diversos cenários e os resultados do plano estratégico, inclusive nos períodos de restrições das fases apresentadas pelos decretos publicados desde o início da pandemia. “Ficou confirmado que as paralisações restritivas reduziram a curva de crescimento da contaminação pela Covid-19, consequentemente equilibrando a ocupação disponível de leitos de UTI no Estado e em suas macrorregiões. O alerta vermelho é dado sempre quando se atinge 86% de ocupação das mesmas, conforme apresentou o estrategista. Desta forma é realmente possível evitar os colapsos por falta de leitos”, afirmou o presidente do Cremero, Dr. Robinson Machado.

Entretanto, a ocupação dos leitos chegou à sua máxima na última semana, pois a redução da curva das medidas restritivas desde o dia 17/01 só será vista nas próximas. “Precisamos agir de todas as formas em prol do combate a esta pandemia. A vacinação iniciou e fica aqui mais um alerta para a população de que ela não exclui a importância das medidas de prevenção, que são o uso frequente de máscara e higienização das mãos, distanciamento físico de pelo menos 1,5 metro, isolamento respiratório domiciliar desde o 1º dia de sintomas suspeitos de Covid-19 (devendo apenas procurar atenção médica para o diagnóstico correto não devendo de forma alguma se automedicar), evitar aglomerações e manter os ambientes arejados e ventilados. Isso deve ser muito claro para todos”, reforçou.

De acordo com Caio Nemeth, essa união de Governo, população, profissionais da saúde e entidades que representam classes foi e continua sendo essencial para o melhor enfrentamento de qualquer problemática da sociedade. “Sabemos da credibilidade de qualquer informação dita pelo Cremero, e contamos com todas as recomendações médicas repassadas pelos médicos do Conselho para de fato conscientizarmos a população dos cuidados que devem ser seguidos, e em contrapartida para que o Governo através da SESAU continue dando suporte para as demandas da Covid-19”, destacou.

 

dadoscovid

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
j-scatvids.club