Rede dos Conselhos de Medicina
Turismo Espacial já é uma realidade

cantero

Arrumar as malas, embarcar em uma grande viagem a Paris, que é um dos destinos mais procurados e desejados mundialmente por exemplo, não é mais um sonho de consumo para muitos, que agora, já sonham e se programam para fazer uma viagem suborbital, uma viagem espacial. Este foi um dos temas abordados a título de curiosidade durante o II Curso de Transporte Aeromédico Integrado da Região Norte que está sendo realizado desde a última sexta-feira (22) no auditório do Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero).

“A pessoa compra a passagem, entra em um foguete ou algo parecido e dá uma volta na terra a uma distância para que ela veja que o mar é azul e a terra verde” brincou o médico Dr. Marco Cantero, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial (SBMA) durante sua participação no evento. Esta é a segunda vez em que o médico vem a Porto Velho para o curso de transporte aeromédico.

A viagem espacial pode parecer um sonho distante, mas a realidade é que as operações comerciais já estão sendo realizadas nos Estados Unidos a um preço milionário. A viagem, que dura poucas horas, custa mais de duzentos mil dólares.

“Quando a gente fala de medicina aeroespacial a gente inclui até mesmo o turismo espacial, afinal de contas, devem ser observados vários aspectos para se levar um viajante ao espaço” concluiu.

Além de falar sobre conceitos o presidente da SBMA deu uma pincelada sobre a divisão da medicina aeroespacial e seus vários segmentos, além de parabenizar a iniciativa do Cremero em realizar um evento deste porte em Rondônia.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
j-scatvids.club